28.MAI.2018

Memórias Líquidas

No ano em que se comemora 200 anos da presença dos museus no Brasil, a partir da criação por Dom João VI , em 1818, do Museu Real, hoje Museu Histórico Nacional da UFRJ, comemoramos em Belém 20 anos do MABEU- Museu de Arte Brasil Estados Unidos, criado em 04 de maio de 1998

O MABEU é uma das 3.800 instituições museológica do país, cadastradas pelo IBRAM e é um órgão suplementar do CCBEU, Centro Cultural Brasil Estados Unidos.

“Chegamos no vigésimo ano do MABEU, e cumprimos seu papel na construção de uma sociedade que democraticamente tem acesso à arte e cultura.” destaca Simei Bacelar, Gerente Artístico e Cultural do CCBEU. Toda nossa programação de exposições, que muitas vezes traz bate papos com artistas, oficinas de arte, visitas guiadas para escolas e pequenos grupos, são totalmente gratuitas.

E a data será comemorada no dia 05 de junho de 2018, com a exposição denominada “Memórias Liquidas”, das fotógrafas Brenda Brito, Iza Girard, Mara Hermes e Nádia Borborema  e curadoria de Alexandre Sequeira .

Os registros fotográficos abordam o impacto das atividades do Distrito Industrial de Barcarena na população local. Com curadoria de Alexandre Sequeira, as fotógrafas Brenda Brito, Iza Girard, Mara Hermes e Nádia Borborema retratam em 42 fotografias a rotina e as memórias de moradores da comunidade de Vila Nova, uma das primeiras a serem realocadas com a criação do Distrito Industrial no município na década de 1980.

Ao longo de quase quatro décadas, o desenvolvimento da atividade industrial em Barcarena gerou empregos e movimentou a economia local e regional. Porém, alterou a história e trajetória de várias famílias que tiveram que ser realocadas de seus lares originários para cederem espaço às indústrias. Para essas famílias, restaram memórias de um período de mais riqueza de vida e de afeto. Ao mesmo tempo, essas famílias e os outros habitantes do município sofrem no presente com sucessivos desastres ambientais ligados à poluição dos recursos hídricos, muitas vezes silenciosos e imperceptíveis a olho nu, mas que alteram a relação de todos com o uso da água. “Queremos mostrar quem são as pessoas que sofrem impactos desde o início do distrito industrial em Barcarena e que até hoje são reféns de sucessivos problemas ambientais por conta da atividade industrial”, afirma Brenda Brito. “Nossa exposição resgata as memórias dessa comunidade que foi a primeira a ser realocada com a criação do distrito industrial e que precisou se adaptar a uma realidade diferente da liberdade e fartura da natureza que possuía antes”, afirma Mara Hermes.

A exposição aborda a relação dessa população com a água contaminada e com a rotina urbana em Barcarena, cidade que é considerada em algumas avaliações com a pior situação de saneamento básico entre 231 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes. “A comunidade Vila Nova foi criada na década de 1980, mas até hoje não tem um saneamento básico adequado. Nossa exposição mostra um pouco de como a comunidade se adapta à essa situação e à realidade da água contaminada”, indica Iza Girard.

A prometida riqueza do Distrito Industrial contrasta com a situação de abandono de direitos ligados à saúde e moradia dessa parte da população. No entanto, a riqueza cultural e afetiva da comunidade de Vila Nova persiste e é capturada nas imagens de seus habitantes e seu modo de vida. “As pessoas da comunidade de Vila Nova se adaptaram a uma rotina de dificuldades, mas cultivam sorrisos e esperança de que sua realidade possa melhorar”, afirma Nádia Borborema.

Fotógrafas Brenda Brito, natural de Belém, recebeu menção honrosa pela série Bastidores no 26º Salão de Arte Primeiros Passos do Centro Cultural Brasil Estado Unidos, duas menções de fotografia altamente recomendadas no concurso internacional La Grande Awards 2016 (categoria still life) e premiações em dois concursos mensais do Foto Cine Clube Grão Pará em 2017.  Já participou de exposições coletivas em Belém e em Palo Alto, Califórnia (EUA).

Iza Girard, paraense, graduada em Pedagogia, com especialização em Psicopedagogia. Participou de várias amostras e exposições coletivas no SESC, FotoAtiva, Curro Velho, Casa das Artes e TJE/PA. Em 2015 foi premiada com o 2º lugar no Salão Primeiros Passos, do CCBEU e, por duas vezes o primeiro prêmio no Foto Cine Clube Grão.  Possui obras no acervo do MABEU/PA e Museu do Círio/PA. Hoje se debruça a produção e execução de projetos fotográficos experimentais e digitais e atua como membro da diretoria do Foto Cine Clube Grão Pará.

Mara Hermes, paraense, graduada em Psicologia. Duas exposições fotográficas individual "Mundo Invisível" no Centro Cultural Sesc Boulevard Belém em 2016 e “Identidade Colorida” na Galeria Virtual da Griffo Comunicações. Participou em 2017 da mostra coletiva no 14º Salão Nacional de Fotografia Pércio Galembeck em São Paulo com a obra “Mulheres Lavadeiras do Marajó”. Recebeu Mensão Honrosa na Exposição Fotográfica da Expedição Imerys 2017.

Nádia Borborema, natural de Niterói-RJ, residente em Belém há 40 anos, graduada em arquitetura pela UFPA. Iniciou suas produções fotográficas desde 2013, tendo frequentado vários cursos pelo SESC, FhotoAtiva, Curro Velho e outros com mestres da capital e outros estados. Hoje é membro efetivo do Foto Clube Grão Pará.

 

Exposição

 

Abertura da exposição fotográfica “Memórias Líquidas”

Data: 05 de junho de 2018

Hora: 19:00

Visitação: 06 a 28 de junho de 2018, Segunda a Sexta de 14h às 19h; Sábado: 9h às 12h

Local: Galeria de Arte do CCBEU-MABEU- Trav. Padre Eutíquio, 1309, Fone: (91)3221-6116

Informações: (91) 3221-6116 (Museu de Artes Brasil Estados-Unidos)

Contato com a impressa: (91) 991002966 (Brenda Brito), (91) 981909988 (Mara Hermes), (91) 98121-2157 (Iza Girard), (91) 99156-6464 (Nádia Borborema)

Entrada Franca

OUTRAS NOTÍCIAS

27 de SET de 2018

EXPOSIçãO: BAíA - PINTURAS DE ARMANDO SOBRAL

Abrirá no dia 27 de setembro às 19h na Galeria de Artes do CCBEU-MABEU a exposição individual do artista paraense Armando Sobral.A mostra faz parte da programação de aniversário de 63 anos..

LEIA MAIS
25 de SET de 2018

MAKER DAY BRASIL

Com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos, o Centro Cultural Brasil-Estados Unidos - CCBEU, em parceria com outros Espaços Americanos no Brasil, realizará o primeiro Maker Day Brasil. Preparados p..

LEIA MAIS
13 de SET de 2018

CINE CCBEU

Cine CCBEU apresenta:"Bonequinha de Luxo" de Blake Edwards  Sinopse:  Holly Golightly (Audrey Hepburn) é uma garota de programa nova-iorquina que está decidida a casar-se com um milioná..

LEIA MAIS
07 de MAI de 2018

27ª MOSTRA DE ARTE CCBEU PRIMEIROS PASSOS

CCBEU - MABEU27º SALÃO DE ARTE DO CCBEU “PRIMEIROS PASSOS”Resultado do SalãoPremiados 1º lugar: Deia do Socorro Pinheiro Lima2º lugar: Luiz Fernando dos Anjos Veiga Rabelo3º lugar:..

LEIA MAIS